Ta chegando?

Hoje, mais uma vez, passei perto do prédio onde vou morar. Frequentemente passo por lá pois é próximo dos lugares que freqüento. Passo por perto quando volto da terapia, quando vou no Iguatemi, quando almoço no Fragata com os colegas de trabalho. Fico rondando aquela ruazinha arborizada diversas vezes, mesmo que involuntariamente. E isso dá uma ansiedade e um gostinho de quero mais que é bom. Bem bom. É quase como paixão nova, com a diferença de que o apartamento é meu, o que é muito mais duradouro do que uma paixão.

No início de julho fui até a quarta zona (www.quartazona.com.br) encaminhar o registro do imóvel. Chovia. Pra variar. Mas não teve fila, nem espera, nem muita burocracia. Só muito dinheiro deixado lá. Pra variar. Agora é esperar. Advogados de plantão, podem me explicar com o seu juridiquês – que eu adoro, aliás – o quanto queiram a importância destes procedimentos para a minha segurança e bla bla mas ninguém vai me fazer aceitar numa boa o absurdo de taxas que a gente paga quando adquire um bem. Chega a ser um desaforo. Que as pessoas têm que receber por seu trabalho, tudo bem. Que os documentos devam custar alguns dinheiros para terem validade, vá lá. Mas custar tudo o que custa? Isto me revolta. Revolta mas nunca muda né? Afinal o que se poderia fazer? No final das contas, nós, os patos, seguimos pagando simplesmente porque não temos escolha. É isso ou ficar irregular. É dose.

Cruzem os dedos. Para que a papelada fique pronta logo e para que a tal mudança enfim aconteça!

Anúncios

2 pensamentos sobre “Ta chegando?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s