Batman: mais real do que nunca

Então que no último sábado eu fui ao cinema ver Batman – o Cavaleiro das Trevas. Quando, em 2005, eu fui a uma sessão de Batman Begins com uma amiga, confesso que entrei descrente na sala escura. “Ah, é mais um filme de super-herói de histórias em quadrinhos…” Ledo engano. Fui positivamente surpreendida pela bem construída história do homem-morcego.

O que é interessante no Batman é que, ao contrário de outros personagens do tipo, ele é inteiramente humano. Absurdamente forte e resistente, ok, mas humano. Não é um extraterrestre com poderes especiais nem sofreu mutações genéticas. Tem um super carro, uma super moto, super equipamentos… É um herói high-tech. E rico. Beeem rico. Pense nisso. O Batman não é um menino pobre que virou herói. Ele é até renegado pela sociedade de Gotham.

O mais recente filme não deixou a desejar. Conseguiu manter minha atenção durante os escuros 153 minutos de duração. Sim, o filme é bem escuro. Pois, todo mundo sabe, o homem-morcego age à noite. A escuridão era quebrada, vez em quando, pelas cenas na cobertura de Bruce Wayne ou no super laboratório no qual ele e seu mordomo escondiam a armadura e os demais apetrechos do Batman. O legal de Begins e Cavaleiro das Trevas é justamente a seriedade do filme. Embora tenha efeitos especiais, não são filmes bobos, com histórias superficiais. Os personagens são problemáticos e reais, como qualquer um de nós.

Mas, na minha opinião, o destaque do filme é o Coringa. Personagem feito pelo ator Heath Ledger (um dos cawboys de O Segredo de Brokeback Mountain), falecido em janeiro deste ano, o Coringa assusta, diverte e faz pensar. É o típico desequilibrado, que rouba e mata sem motivos aparentes. Acho – não sou especialista em Batman, mas… – que esse é o melhor Coringa já feito até hoje. Não é porque o cara morreu, mas ele conseguiu fazer um vilão maquiado ser assustador e repugnante – como qualquer vilão deve ser – e não apenas ridículo e caricaturizado.

Quem são os heróis? Quem são os vilões? Quem está certo ou errado? Quais são os limites de cada um? Todas essas questões aparecem no filme. Recomendo, portanto.

Anúncios

4 pensamentos sobre “Batman: mais real do que nunca

  1. A atuação de Heath Ledger tem gerado muitos comentários positivos de críticos e espectadores. Alguns, claro, são tomados por um sentimentalismo em função de ter sido o último trabalho dele em vida, mas realmente o Coringa dele é uma interpretação notável.

    Lembro-me quando, no início das gravações, o ator comentou que sentia-se ansioso por interpretar um personagem que ficou marcado por uma lenda como Jack Nicholson (o Coringa do filme Batman de 1989). No entanto, ele conseguiu realizar um papel que, segundo a crítica, fez do Coringa o principal personagem do filme e deixou Batman como coadjuvante. Além disso, fez do vilão alguém muito mais alucinado, psicótico do que o interpretado por Nicholson, mais cômico e caricata.

    Agora, especula-se sobre uma possível indicação do ator ao Oscar. Pena que, se isso realmente acontecer, irá se misturar a discussão “mereceu mesmo ou foi mais uma certa homenagem póstuma”.

  2. Eu tenho uma certa resistência com esses filmes de heróis… Resistência boba, diga-se de passagem, porque sempre acabao gostando dos filmes. Quando esse foi lançado pensava “não vou ver, não vou ver!”, mas aí só li críticas boas, tem o Heath Ledger que eu sempre adorei, eu gostei de Batman Begins…
    No final de semana pretendo ir no cinema… Adivinha que filme vou olhar? hehehehehe

  3. Olá, boa noite.
    Não vi esse “Batman” (ainda); mas vou conferir para matar minha descrença de alguém tenha conseguido fazer um “Coringa” melhor do o Jack Nicholson (no primeiro filme que ressucitou a série). Grande abraço,
    Adhemar

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s